O BAÚ MÁGICO DO MEU PAI

Texto Carlos Canhoto

Ilustração grão de pó

Idioma português

Editora Canto Redondo

Chancela Germinário

ISBN 978-989-54274-8-2

1.ª edição, Dezembro 2020

Capa mole com badanas, 44 páginas

Mais detalhes

12,00 €

Adicionar à Lista de desejos

Mais informação

De bonitas memórias se constrói uma infância feliz. No tempo em que António foi criança – ainda nem o pai natal tinha sido inventado – eram os anjos que anunciavam a chegada de um chocolate, ao sapatinho, pela mão de um menino Jesus tão pobre como as gentes daquela aldeia.

Tal como hoje, também os pais do António alimentavam de magias momentos especiais que para sempre ficariam gravados na lembrança.

Nesta história, abrimos o baú da memória e viajamos pelo sonho menino de conduzir um comboio aonde a vontade o levasse, seguindo as pisadas de um pai feito herói.

+++

António Luís Carlos, alentejano de Pavia, onde nasceu em 1961, escreve sob o pseudónimo de Carlos Canhoto. Passou as tardes da meninice com a sua avó Felicidade, a quem dedicou um dos seus livros. No Inverno brincava à batalha naval na poça do Curral do concelho, com barcos de folha de piteira. Na Primavera corria atrás dos pássaros à procura dos ninhos e espreitava as bogas que ao luar subiam os ribeiros para a desova. Gosta muito de inventar histórias e de dar vida a fantoches e marionetas. Além do livro O Monte Secou (prémio Maria Rosa Colaço, 2007), tem mais sete histórias infanto-juvenis: Barbatanar nas cores do arco-íris, integrado no Plano Nacional de Leitura, Pirá, aconselhado pela Casa da Leitura da Gulbenkian, Anuro, Serei uma Plantinha Daninha?, A minha avó Felicidade, Pirilampo, o velho pescador de estrelas; e Zi, a abelha zonza.

grão de pó, poeira feita de devaneios e terra fértil de inspirações, deseja acarinhar, como se chuva fosse, raízes que se entranham e cuidam desta nossa terra Mãe. Cresceu em Oeiras e assentou numa mobília em Paço de Arcos. A sua avó conta que costumava copiar os desenhos animados frente à televisão, de língua de fora, coisa que a sua memória preferiu não gravar. Optou por estudar biologia, que a ajudou a começar a construir um caminho mesclado de arte e ciência... Ilustrou os livros A minha avó Felicidade, mãe Terra, terra Mãe, Melissa, vidas de invertebrados, Zi, a abelha zonza e Landroal d’Encantar.

SESSÕES DE MEDIAÇÃO DE LEITURA COM OS AUTORES. CONTACTE-NOS!

Avaliações

--

Escrever uma avaliação

O BAÚ MÁGICO DO MEU PAI

O BAÚ MÁGICO DO MEU PAI

Texto Carlos Canhoto

Ilustração grão de pó

Idioma português

Editora Canto Redondo

Chancela Germinário

ISBN 978-989-54274-8-2

1.ª edição, Dezembro 2020

Capa mole com badanas, 44 páginas

Escrever uma avaliação

30 outros produtos na mesma categoria